quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A Ondinha.

Certa vez no meio do mar começou a se formar uma onda!
Bem, não era assim “uma onda!” era uma “ondinha” bem pequenina!
Outras ondas que se formaram perto dela a apelidaram de “marolinha” e a ondinha ficou muito emburrada com aquilo!
Mas ela tinha ouvido falar sobre umas tais ondas gigantes com mais de trinta metros de altura que haviam no meio do oceano!
A ondinha resolveu que queria ser uma onda gigante! Então começou a tentar aumentar o seu volume! Mas por mais que a pobre da ondinha se esforçasse não conseguia ser maior!
Cansada de tentar resolveu procurar uma onda gigante para saber dela como se tornar tão grande!

A ondinha saiu nadando pelo oceano até encontrar uma onda gigante! A ondinha foi se aproximando da onda gigante que a cada segundo estava ainda maior! A ondinha mal podia acreditar em como era enorme aquela onda, era uma montanha de água se erguendo bem diante dela! Empolgada a ondinha foi pra perto da onda gigante e foi logo perguntando como se fazia para ser tão grande. Mas a onda gigante sequer percebeu a ondinha de tão pequenina que essa era! E a ondinha quase se afogou! A ondinha escapou por muito pouco! Mas a ondinha ficou muito indignada por que a onda gigante nem lhe deu atenção e decidiu que não queria ser uma onda gigante! Ondas gigantes eram arrogantes demais!
Na verdade a onda gigante não a viu! De qualquer modo foi assim que pensou a ondinha!

A ondinha novamente saiu nadando pelo oceano pensando sobre que tipo de onda gostaria de ser então! Ela se lembrou que havia ouvido falar também da onda Pipeline! A Pipeline era uma onda muito famosa do Havaí! Gente do mundo todo viajava para vê-la! A ondinha resolveu ir até o Havaí e não importava que fosse longe!
E ela nadou e nadou, nadou muito! Parecia que não chegaria nunca de tão longe!
No caminho muitas ondas lhe disseram para desistir de ser uma Pipeline, pois ela era só uma ondinha! Mas a ondinha não quis ouvir e com muito esforço chegou ao Havaí e encontrou a Pipeline!

Nesse dia estava acontecendo uma etapa do campeonato mundial de Surfe! A ondinha ficou encantada com a fama e toda aquela gente lá por causa da Pipeline! Ah! Como a ondinha queria ser igual à Pipeline!
Aproximando-se da famosa onda conseguiu conversar com ela. Mas a Pipeline lhe contou que se sentia orgulhosa por sua fama internacional e feliz com tantas visitas! Mas que algo lhe deixava triste, o seu fundo era cheio de corais e muitos surfistas se machucavam neles e só surfistas muito experientes conseguiam surfá-la, mas mesmo os grandes surfistas corriam grande risco ao surfá-la!
A ondinha queria muito ser famosa e aparecer em capas de revistas de surfe como a Pipeline, mas ela com certeza não viveria em paz se alguém se machucasse em suas águas! Então, a ondinha decidiu que não queria ser famosa e voltou a nadar pelo oceano muito triste!

A ondinha estava decepcionada da vida! E havia nadado tanto para chegar ali! Agora a ondinha nem sabia mais que tipo de onda gostaria de ser! Na verdade, parecia que sua vida de onda perdera todo o sentido!
Então ela resolveu nadar até a praia e se espalhar na areia. E lá foi a ondinha triste e deprimida pelo oceano... até encontrar uma praia para se espalhar na areia.

Lá na praia, bem na beirinha, assim bem na beirinha mesmo havia uma menininha que estava lá há bastante tempo dentro da água. A menininha estava tentando pegar jacaré, mas nada de vir uma onda boa para ela! Então a menininha viu a ondinha chegando! Ah, a ondinha era perfeita para ela pegar jacaré! Esperou muito ansiosa, se preparando para chegada da ondinha, esticou os bracinhos pra frente e ficou olhando pra trás vendo a ondinha aproximar! No momento exato a menininha deu o impulso com os pezinhos esticando seu corpo na água e pegando o primeiro jacaré da vida! Finalmente ela havia conseguido! Ela foi “surfando” a ondinha e sorrindo tão feliz! Como era gostosa a sensação de pegar jacaré e ainda por cima de finalmente conseguir pegar o primeiro jacaré! A menininha foi com a ondinha até a areia e aqueles segundinhos foram tão especiais pra menininha que saiu para contar pra todo mundo que havia pegado jacaré!
E a ondinha ficou tão feliz em ver a criança satisfeita! A ondinha nunca mais quis ser outro tipo de onda! Como se sentiu especial!
A menininha nunca mais esqueceu aquele dia na praia e a sensação de pegar o primeiro jacaré!
Como eu sei? Ah! Eu era a menininha! xD

FIM


Hoje eu acordei meio inventadora de histórinha!
Na próxima postagem vou continuar o assunto do post anterior: Produtos para o Verão

...beijinhos***

3 comentários:

  1. Que linda historia Aline!
    E muito fofa tbm. ^^
    Gostei da ondinha :D

    ResponderExcluir
  2. Muiiiiiiiiiito bom!!! Olha que eu não leio textos grandes...!!! E achei interessante isso,depois que vi o comentario da Vanessa,fui ler...!!!! Muito bacana a história mostra muita coisa né...Pouco pode ser muito!!! E voce ser a menininha e colocar a história chegando na sua muito bom!!!! show..adorei seu blog!!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi td joia ? Amei seu blog
    ja to seguindo..segue de volta ?
    mundofun-gabi.blogspot.com

    ResponderExcluir